20 de set de 2012

Rock e Blues Rock: A invasão britânica



Os anos 60 trouxeram novas formas de pensar e se expressar. Assim foi até natural o fato de surgirem muitos gêneros dentro do universo do Rock and Roll, agora simplesmente chamado de Rock. Muito além de um simples estilo musical, o Rock influenciou a moda, a atitude e a linguagem tornando-se um estilo de vida, ou melhor, vários estilos de vida. No início da década, os britânicos tiveram grande destaque no cenário devido ao aparente adormecimento de grandes artistas americanos como citado no capítulo anterior e, principalmente com o surgimento e ascensão das bandas de Beat Music, influenciadas pelo Blues, Rock and Roll, Soul Music e Surf Music. Deu-se assim a invasão britânica nas paradas de sucesso americanas.

Em 1962 bandas como The Beatles, Gerry & The Pacemakers, The Searchers, Herman’s Hermits e The Hollies, interpretavam grandes sucessos e clássicos da música americana para platéias dançantes. The Rolling Stones, The Animals, Them, The Yardbirds e outros faziam shows mais influenciados pelos Rhythm and Blues e Blues. Depois eles começaram a mostrar seus talentos com composições próprias e alguns covers de artistas americanos. No princípio, o Rock britânico dividia-se em dois grupos distintos, o primeiro, das chamadas Beat Bands que fazia um som mais inocente e dançante com melodias alegres e pegajosas e o segundo chamado de Rhythm and Blues britânicos com um acento rítmico de batidas mais fortes mescladas às diversas formas de Rock americano.

O grande marco foi quando, em 1964, The Beatles colocou a música I want to hold your hand em primeiro lugar na Billboard Hot 100 americana por 7 semanas seguidas. A partir daí e durante alguns anos os artistas ingleses dominaram as paradas americanas e britânicas e alguns dos responsáveis foram, além do The Beatles, The Rolling Stones, The Who, The Kinks, The Animals, Van Morrison, Manfred Mann, The Yardbirds. Agora os artistas ingleses eram reconhecidos por 2 vertentes distintas: Rock baseado em Blues, daí posteriormente Blues Rock e Rock/Pop com guitarras distorcidas, o que depois viria a ser conhecido como Power Pop. Outros sub gêneros em formação na época foram o Blues britânico e o Garage Rock, ambos colaborando pra uma gama de gêneros mais importantes, anos mais tarde.

Uma das coisas mais importante dessa invasão britânica foi ajudar a desenvolver a internacionalização do Rock. A indústria abriu os olhos para a popularização definitiva do Rock mundialmente. As portas estavam abertas para, inicialmente, o Rock vindo do Reino Unido e posteriormente de outros países europeus. Os americanos consideravam a Inglaterra como o centro mais importante na música e na moda nesse período. A primeira metade dos anos 60 trouxe à vida alguns dos maiores ícones do Rock mundial, chegando a influenciar várias gerações de bandas até hoje, inclusive bandas americanas e canadenses na segunda metade da década. Estava criada a assinatura do Rock britânico, de fácil identificação e, principalmente, assimilação por todos os apreciadores e músicos de Rock mundo afora.

Nenhum comentário: