13 de dez de 2011

HAPPY HOUR + Gustavo Cocentino & The Blue Mountain hoje no Hell's Pub!


Natural do Rio de Janeiro, Gustavo Cocentino começou a tocar em bares e festas no ano de 1996 na banda Gang do Whisky. Em julho de 1998 mudou-se para Natal e no começo de 1999 começou a se apresentar na capital potiguar com a banda de blues Bourbon 33. Em 2001 foi para o interior de Minas Gerais (Tiradentes e São João Del Rey) onde tocou durante seis meses em circuitos universitários, bares, festivais gastronômicos e motociclísticos. De volta a Natal Integrou bandas como Mr. Blues, Mr. Groove e AC/DC cover. Em 2006 foi convidado a fazer parte da banda natalense de rock Mobydick onde também atua como guitarrista até hoje. Em 2008, junto com o baixista Leo Javali de Minas Gerais, criou a banda potiguar de blues “The Blue Mountain”

Através de outro projeto seu, o Clube do Blues, que traz a Natal-RN grandes nomes do gênero, acompanhou e dividiu o palco com nomes do blues nacional e internacional como Flávio Guimarães (B. Etílicos) em mais de cinco ocasiões, Nuno Mindelis por três vezes, André Christovam (SP), Larry McCray (EUA), George Israel (Kid Abelha), Willie Big Eyes Smith (Muddy Waters), Danny Vincent (Arg), Jefferson Gonçalves (RJ), John Primer (Chicago, EUA), Robson Fernandes (SP), Maurício Sahady (RJ), Mitch Kashmar( EUA), Big Gilson (RJ), Felipe Kazaux(CE), Adrian Flores (Arg) ,Celso Blues Boy (RJ), Carlos Johnson ( Chicago,EUA) e Dave Riley & Bob Corritore (EUA). Além do circuito noturno de pubs e bares em Natal, a banda também se apresentou nos festivais gastronômicos de Serra de São Bento, Pipa no interior do RN e da última edição do Canoa Blues em 2011.

Suas principais influências musicais são Jimi Hendrix, Eric Clapton, Stevie Ray Vaughan, o blues em geral, country, bluegrass, Raul Seixas e classic rock anos 60 & 70. No repertório, além de clássicos de Muddy Waters, B.B King, Albert king e outros, interpretam também standards do country e rock dos anos 50, 60 & 70; de Robert Johnson a Eric Clapton; de Fats Domino à Creedence Clearwater Revival; de Rolling Stones à Pink Floyd.

Nenhum comentário: